Visit Olhão - Portal de Turismo de Olhão

Geografia do Concelho

O Município de Olhão, situado no Sotavento Algarvio, é um dos 16 municípios do distrito de Faro, com uma área territorial aproximada de 130km2, distribuída por 5 freguesias: Olhão, Fuseta, Moncarapacho, Pechão e Quelfes, com uma população de 45396 habitantes (censos 2011), ao que corresponde uma densidade populacional de 346,83 hab./km².


Confrontando a nascente e a norte com o concelho de Tavira, a poente com o concelho de Faro e a sul com o Oceano Atlântico, o concelho de Olhão insere-se nas sub-regiões morfológicas do Barrocal e do Litoral. No Barrocal, o concelho é limitado a norte pelo contacto do maciço antigo e a sul com os calcários datados da Era Mesozóica. Esta linha de contacto representa uma antiga linha de costa, justificando-se, por isso, a existência dos depósitos sedimentares (calcários) sobre os do maciço antigo.


O Litoral constitui a sub-zona com materiais mais recentes, Quaternário ou mesmo Neogénico. Estes depósitos vieram sobrepor-se aos de calcário e margas que compõem a Orla Mesocenozoica Meridional, apresentando pela sua juventude, um relevo pouco acidentado ajudado por uma plataforma ainda pouco retalhada pelo escoamento superficial.


Toda a zona litoral do concelho de Olhão integra-se no Parque Natural da Ria Formosa, uma das zonas húmidas mais importantes a nível europeu, tendo sido considerada em 2004, pela União Internacional para a Conservação da Natureza, como uma zona húmida de interesse mundial.


O Parque Natural da Ria Formosa instituído em 1987, pelo Decreto-Lei nº 373/87, de 9 de sezembro, foi criado com o objetivo primeiro de proteger e conservar o sistema lagunar, nomeadamente a sua flora e fauna, incluindo as espécies migratórias e respetivos habitats.


Estende-se pelos concelhos de Loulé, Faro, Olhão, Tavira e Vila Real de Santo António, e abrange uma área de cerca de 18400 hectares ao longo de 60 km de costa, desde o Ancão até à Manta Rota, incluindo uma grande variedade de habitats: ilhas-barreira, sapais, bancos de vasa e de areia, dunas, salinas, lagoas de água doce e salobra, cursos de água, áreas agrícolas e matas.


No concelho de Olhão, a Ilha da Armona faz parte do sistema de ilhas-barreira da Ria Formosa, donde se destacam as praias da Fuseta Mar e Armona Mar.